Paróquia de Santa Maria de Oliveira

Available actions

Reader available actions

 

Paróquia de Santa Maria de Oliveira

Description details

Record not reviewed.

Description level

Fonds   Fonds

Reference code

PT/UM-ADB/PRQ/PVNF39

Title type

Atribuído

Production dates

1627  to  1911 

Dimension and support

21 lv.; papel

Holding entity

Arquivo Distrital de Braga

Producer

Paróquia de Santa Maria de Oliveira

Biography or history

A paróquia de Santa maria de Oliveira ou Santa Maria do Mosteiro de Oliveira era vigararia da apresentação do Convento de Santa Cruz de Coimbra, no termo de Barcelos. Foi vila no antigo Julgado de Vermoim. O prior do Convento de São Vicente de Fora, em Lisboa, apresentava o vigário. Estiveram anexas a esta paróquia as de São Tiago de Figueiredo e São Martinho de Leitões. Teve um convento de cónegos regrantes de Santo Agostinho, construído junto ao rio Ave, do qual foi fundador Arias de Brito que lhe deixou todas as herdades que possuía na vila de Oliveira, em Carrazedo e em Subilhães. Este convento foi unido ao de Santa Cruz de Coimbra em 1599. Em 1839 aparece no concelho e comarca de Barcelos. Em 1852, no concelho e comarca de Vila Nova de Famalicão. É composta pelos seguintes lugares: Agrela, Aguaceiras, Aldeia Nova, Azenha Nova, Azenha Velha, Barroco, Bascos, Boticas, Bouça, Carvalho, Casa Nova, Caseiras, Charneca, Cima de Oliveira, Covas, Covo, Cristelo, Dama, Deveza, Fonte Nova, Grinha, Lage, Lavandeira, Lobeira, Monte, Mosteiro, Oliveira, Pego, Pena Boa, Pereiro, Preza, Real, Residencia , Ribas, Ribeira, São Cristóvão, São Martinho, Semilhans, Vila Pouca, Vinha e Vista Alegre. É paróquia da diocese de Braga.

Custodial history

A partir de 1 de Abril de 1911, os livros paroquiais foram entregues, por determinação legal, às repartições do Registo Civil, criado em 18 de Fevereiro do mesmo ano, onde permaneceram até à sua incorporação nos Arquivos Distritais, após decorrerem 100 anos sobre a data de elaboração do último registo. Em 1994 foi publicado o Inventário Colectivo dos Registos Paroquiais, no âmbito do Inventário do Património Cultural Móvel.

Acquisition information

Incorporações provenientes da Conservatória do Registo Civil de Vila Nova de Famalicão entre 1918 e 1922 (não foi possível precisar a data) e em 10 de outubro de 1933, 22 de janeiro de 1953; 26 de março de 1969, 4 de janeiro de 1982, 18 de novembro de 1992 e 3 de agosto de 2011.

Scope and content

Documentação formada por livros agrupados nas seguintes séries: batismos, casamentos, óbitos, legados e obrigações de missas.

Arrangement

Documentos agrupados pela série documental respetiva (batismos, casamentos, etc.) e ordenados cronologicamente.

Access restrictions

Acessível, exceto unidades em mau estado de conservação.

Language of the material

POR (Português)

Other finding aid

Digitarq: base de dados de descrição arquivística